segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Book Challenge: Dia 2

Dia 2- Um livro que já leste mais de 3 vezes
Que eu me lembre, não tenho nenhum livro que tenha lido mais de 3 vezes. Eu não gosto de repetir histórias, gosto sempre de ler novas, embora haja um livro outro que pretendo ler de novo ^^

Frases (7)


Verdade. É tipo aquele mini ataque cardíaco que temos quando não sentimos o telemóvel no bolso. :O 



Superstições de Passagem de Ano


Olá! ^^
Hoje, venho falar-vos sobre as superstições de passagem de ano. Há quem faça barulho, com panelas e coisas assim, quem coma as 12 passas, enumerando os seu desejos, quem suba a uma cadeira, quem faça questão de ter uma nota na mão, etc. 
Cá em casa, costumamos comer as 12 passas e, recentemente, ter uma nota na mão.
E vocês? Quais são as vossas superstições de passagem de ano?

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Book Challenge: Dia 1

Dia 1- Melhor livro que leste no ano passado.
Bem, eu acho que tenho mais livros que li no ano passado, que são os melhores livro que já li, mas este foi, sem duvida, o melhor que li em todo o ano, porque foi o meu primeiro livro autografado e foi o primeiro da primeira saga que segui em toda a minha vida (esta foi confusa, eu sei :P ). 
Agora, deixo-vos aqui a sinopse deste livro:

"O fantástico épico está novamente de parabéns com mais uma estreia literária de uma autora portuguesa que a Presença propõe ao seu público. Em A Saga das Pedras Mágicas os heróis, diz-nos Sandra Carvalho, têm uma profunda ligação à Natureza e aos Elementos, são apaixonados pela Vida e inteiramente determinados na sua coragem. A acção passa-se num tempo em que os sábios Druidas se recolhiam nas florestas para perpetuarem o Conhecimento que em eras passadas lhes fora transmitido pelos Seres Mágicos. Mais precisamente, depois de a feiticeira Aranwen ter renunciado aos seus poderes mágicos para se casar com um mortal por quem se apaixonara. Para que esses poderes não se perdessem, ela guardou-os dentro de sete lindíssimas pedras formando um colar que viria a ser muito cobiçado. O berço da heroína desta história, Catelyn, e dos seus cinco irmãos varões, situa-se na Grande Ilha, cada vez mais fustigada pelos ataques dos Viquingues, nas suas estranhas embarcações mais velozes do que o vento. Os senhores locais formaram uma Aliança para os repelirem, consolidando essa política através de casamentos combinados entre os herdeiros das grandes famílias. Depois de uma infância paradisíaca, Catelyn cresce num mundo cada vez mais violento, assistindo impotente às manipulações da maldosa Myrna, a protegida do homem com quem o pai de Catelyn destinou casá-la. Só a Pedra do Tempo que se ergue imponente sobre o Norte do mundo guarda o segredo de um poderoso pacto de amor e sangue."
Espero que tenham gostado deste primeiro dia. Amanhã, em principio, postarei o segundo dia ^^

Bye, bye, Chirstmas! :(


Olá! ^^
Desculpem por não vos ter vindo desejar um Feliz Natal... E por não ter postado o primeiro dia do Book Challenge... Desculpem, a sério... Mas, acho que ainda vou a tempo de fazer isso tudo, não é? :D Bem, já não posso desejar um Feliz Natal, mas posso dizer que espero que tenham tido um bom Natal, cheio de prendinhas e de alegria, na companhia das vossas famílias ^^
Quanto ao Book Challenge, vou posta-lo já a seguir :) 

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Desafio dos 30 Dias: 20º Dia

20º Dia: Filmes e séries favoritos.
Filmes:
- The Last Song;
- Mamma Mia;
- Dear John;
- Remember Me;
- O Rei Leão ( Dos meus preferidos da infância *.* Ainda hoje vibro com estes filmes);
- LOL.;
- A Walk to Remember;
- Etc.

Séries:
- Friends (acho que foi das primeiras séries "para adultos" que eu vi :p);
- Navegantes da Lua ( Das minha preferidas da infância e ainda de agora *.*);
- New Girl;
- Arrow (Gosto, principalmente do ator principal *.*);
- Clínica Privada;
- Anatomia de Grey;
- Once Apon a Time;
- Awkward;
- Etc.

Digam-me se gostam de alguma série ou filme, dos que eu referi ^^



Book Challenge


Este desafio é uma espécie de Desafio dos 30 Dias, mas com livros ^^ Encontrei-o à umas semanas, num blog chamado Reading And Other Things, e achei muito engraçado e que tinha tudo a ver comigo (porque eu tenho uma grande paixão por livros :P ), por isso, decidi "rouba-lo" e começá-lo aqui no blog.
Então, vou passar a traduzir o que está na imagem:

Dia 1- Melhor livro que leste no ano passado.
Dia 2 - Um livro que já leste mais de 3 vezes.
Dia 3 - A tua coleção favorita.
Dia 4 - Livro favorito da tua coleção favorita.
Dia 5 - Um livro que te faz feliz.
Dia 6 - Um livro que te faz triste.
Dia 7 - Um livro que te faz rir.
Dia 8 - Livro mais superestimado.
Dia 9 - Um livro que pensavas que não ias gostar, mas acabaste por adorar.
Dia 10 - Um livro que te faz lembrar a tua casa.
Dia 11 - Um livro que odiaste.
Dia 12 - Um que adoras e odeias ao mesmo tempo.
Dia 13 - O teu/tua escritor/a favorito/a.
Dia 14 - Um livro tornado um filme completamente profano.
Dia 15 - Personagem masculina favorita.
Dia 16 - Personagem feminina favorita.
Dia 17 - Citação favorita do teu livro favorito.
Dia 18 - Um livro que te dececionou.
Dia 19 - Livro favorito que se tornou um filme.
Dia 20 - Livro de romance favorito.
Dia 21 - O primeiro livro que te lembras de ler.
Dia 22 - Um livro que te faz chorar.
Dia 23 - Um livro que queres ler à muito tempo mas ainda não leste.
Dia 24 - Um livro que desejas que mais pessoas lessem.
Dia 25 - A personagem com quem te identificas mais.
Dia 26 - Um livro que mudou a tua opinião sobre alguma coisa.
Dia 27 - A reviravolta ou o fim mais surpreendente.
Dia 28 - Título favorito de um livro.
Dia 29 - Um livro de que toda agente odiou mas tu gostaste.
Dia 30 - O teu livro preferido de sempre.

O Dia 1 vai se postado amanhã ^^  Ah! E se, por acaso, também gostaram deste desafio, estão à vontade para "roubá-lo" ^^

Novas Rubricas, Novos Desafios


Durante as ultimas semanas, fiz uma pequena pesquisa de possíveis rubricas e posts para fazer durante as férias, e encontrei coisas muito interessantes e que vou querer fazer aqui no blog ^^ Ah! E também encontrei um desafio muito giro, que vou apresentar no próximo post. Quanto ás novas rubricas... Vai haver uma semanal, que vou postar ao fim-de-semana ou à sexta-feira, sempre que puder, e outra diária, em que vou postar as coisas que me chamarem mais a atenção. E, só vou dizer o nome das respetivas rubricas no primeiro poste das mesmas ^^
Espero que, com estas novas ideias, o blog se torne mais dinâmico :/

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Desafio dos 30 Dias: 19º Dia

19º Dia: O significado atrás do nome do teu blog.
Me and the romance... Qual será o significado? Hum... Sinceramente, não sei... Eu já não me lembro muito bem no que pensei, quando escolhi este nome, mas acho que pensei num dos fatores da minha personalidade, o romantismo. Eu sou uma romântica nata, acreditem. Estou sempre a pensar em romances diferentes :P

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Desafio dos 30 Dias: 18º Dia

18º Dia: Um hábito que gostarias de não ter.

Pensar de mais, é, sem duvida, um hábito que eu gostaria de não ter, entre outras coisas, claro.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Desafio dos 30 Dias: 16º Dia

16º Dia: Um sonho ainda por concretizar.
Ui, tenho muitos, mas decidi escolher o que vou concretizar muito brevemente (espero eu :/ ), que é: Publicar uma das minha histórias.

A Entrar no Espírito de Natal


Le eu a ouvir Justin Bieber, as musicas de Natal :P


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Desafio dos 30 Dias: 15º Dia

15º Dia: Uma memória que te tenha marcado.

Hum... Sinceramente não sei, acho que todas as memórias que tenho foram marcantes, mas, de todas, penso que a mais marcante foi a de quando ouvi o meu avô paterno cantar, fez ontem um mês *.*

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Frases (6)


Uma frase que eu tenho sempre necessidade de pronunciar, quando alguém me diz ou faz algo que me fez bem ^^



Desafio dos 30 Dias: 14ºDia

14º Dia: Uma paixão secreta (ou nem por isso).
Então, a minha paixão secreta é um rapaz lá da escola, chamado Diogo e é podre de BOM *.* A primeira vez que o vi foi quando fui à máquina, com umas amigas, e ele estava lá, com os amigos dele, e um deles estava de moletas, e ele estava a ajuda-lo a tirar um chocolate da máquina e passou-nos à frente (acho eu, já não me lembro muito bem da cena :P). E então, a partir dai, eu e as minhas amigas começamos a chamá-lo de "o rapaz da máquina", porque não sabíamos o nome dele, e eu, cada vez que o via ficava tipo derretida *.* (e ainda fico...). E pronto, é isto :P


P.s.: Lavem lá a vista, vá :P Imagem bem escolhida não? ;)

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Frases (5)


Pois é... É uma coisa que toca a todos. Custa aceitar que a pessoa que tu gostas à anos, desde o ciclo, mais propriamente, que gostou de ti, quando gostavas dele, mas só soubeste disso quando ele te disse e na altura nem gostavas dele, e agora voltas a gostar dele e ele não gosta de ti e está com outra pessoa e diz que essa pessoa é a mulher da vida dele e pensares que devias de ser tu e não ela. Ya... É complicado...
Alguém aqui está na mesma situação? Ou parecida?

Desafio dos 30 Dias: 13ºDia e Novidades :D

13ºDia: Um site que visites regularmente e outro que tenhas perdido o interesse.
Hum... Não sei... O site onde vou mais regularmente, talvez seja o Facebook e, não me lembre assim de nenhum que tenha perdido o interesse... Ah! Talvez o Twitter, porque eu já não vou lá à muito tempo e também não me identifico muito com aquilo.


Então? O que acham do novo visual do blog? E, para quem ainda não leu a minha história e tem curiosidade em lê-la, eu fiz uma página onde estão todos os capítulos já publicados, que podem ver Aqui.
A partir das férias de Natal vão haver mais rubricas, mais desafios, mais postes um quanto ou tanto interessantes e, talvez, mais capítulos da minha história ( a Will Calm Storm, para quem não sabe o nome)



segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Desfio dos 30 Dias-12ºDia

12º Dia: Umas descoberta cientifica ou histórica. 
A electricidade, pois é uma coisa sem a qual não podemos viver e, se vivêssemos sem ela, seria um desastre, porque eu não poderia falar com vocês e vocês comigo ^^


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

sábado, 23 de novembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 11ºDia

11º Dia: Um local que te transmita paz de espírito.
Há muitos sítios que me trazem paz de espírito, mas penso que o principal é a praia. ^^


domingo, 17 de novembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 10ºDia

10º Dia: Algo sem o qual não consegues viver.
Bem, eu não consigo viver sem muita coisa...mas, de todas essas coisas, o que eu não conseguiria viver era sem a minha mãe.












P.s.: Wow! O.O 1047 visualizações! :O Muito obrigada! *.*

domingo, 10 de novembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 9ºDia

9ºDia: Algo que te deixe sem palavras.
Ver alguém chorar. Nunca sei o que dizer...

O que acham?

Então? Quem gosta deste novo visual? Eu achei engraçado ^^
Comentem a vossa opinião : )

I'm Back!



Olá! ^^
Eu sei que tenho estado muito ausente e que prometi ser mais ativa, mas as preguiça não me deixa... Enfim... Não vou prometer nada, mas vou tentar ser mais ativa. Estou a pensar em acabar com a rubrica Poemas*, porque é um pouco difícil encontrar poemas que se enquadrem com a minha pessoa, mas vou continuar com a rubrica Frases* e com o desafio. Mas, também estava a pensar começar uma nova rubrica, uma que desse para me conhecerem melhor, que acham? Preciso de opiniões, comentem. ^^ E acho que também vou redecorar o blog, para algo mais divertido...
Ah! Quanto à história... Nunca mais agarrei nela, mas prometo, que assim que acabar o novo capitulo, eu publico logo.

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Apenas um Desabafo...

Quando falo contigo, tudo parece tão fácil. Cada vez tenho mais a certeza que nunca te esqueci, apesar de todos estes anos que passaram, apesar de tu o que aconteceu... Parte-me o coração quando dizes que ela é a tal, que é a mulher da tua vida, e que não haverá mais nenhuma chance para nós... Mas, apesar de dizeres isso, eu continuo a acreditar que daqui a um tempo vamos tornar a encontrar-nos e ai, vai ser como o amor à primeira vista... Aconteça o que acontecer, eu não vou perder a esperança. Mesmo que eu encontre outra pessoa, eu nunca te vou esquecer, vou sempre sentir algo mais por ti...

Desafio dos 30 dias: 8º Dia

8º Dia: Algo que gostavas de saber/aprender.

Gostava de aprender a desenhar e de saber cantar.


P.s.: Desculpem a ausência, mais uma vês...




sábado, 12 de outubro de 2013

Frases (3)


Agora, com esta coisa da crise, está tudo muito em baixo, muito pessimista. Vamos lá a animar! Temos de acreditar que as coisas vão mudar, e temos de nos agarrar ás coisas boas da vida. Eu sei que é difícil, dadas as circunstâncias, mas... Pensem Positivo! :) 

Desafio dos 30 dias: 7º Dia

7º Dia: Algo que te orgulhes.

Orgulho-me da minha mãe. Ela já passou por muita coisa, e aguentou-se firme em todas as situações difíceis. A minha mãe é a minha heroína. Adoro-te mãe! ^^

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Frases (2)


"Tudo acontece por uma razão"... É uma coisa que eu aprendi a acreditar, em circunstâncias diversas... Há certas situações que nos fazem ver o erro que estamos a cometer e depois, há aquela coisa do amor não correspondido e aqueles namoros que não resultam, senão resultou, é porque teve uma razão de ser, quer dizer que à de vir alguém melhor.
Quem concorda comigo??

Poemas (1) - ESTREIA :D

Fernando Pessoa
  Um dia vou construir um castelo...

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes,
Mas não esqueço que a minha vida é a maior empresa do mundo.
E que posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver,
Apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.
Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas
E se tonar autor da sua própria história.
É atravessar desertos fora de si,
Mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.
Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.
É falar de si mesmo.
É ter coragem de ouvir um "não".
É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?
Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."

Este é o poema que eu escolhi para esta semana, para a grande estreia da rubrica semanal Poemas.
Foi a minha mãe que me mostrou este poema, à uns anos atrás. Identifico-me muito com ele,talvez por eu também estar a juntar as "pedras" que se a travessão no meu caminho, para um dia também eu construir um castelo... 
Em fim,digam-me o que acham deste poema e se também, de alguma forma, se identificam com ele.
Para a semana há mais ^^

Desafio dos 30 dias: 6º Dia

6º Dia: Algo que te irrita.

TicTacTicTac... Este som irrita-me solenemente, principalmente à noite. Não posso ter nenhum relógio ao pé de mim, se não não consigo dormir. :P

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Frases (1) - ESTREIA :D


É um facto, eu amo British Boys :P Não sei porquê, mas, quando ouço um rapaz (tem de ser giro :P ) a falar com sotaque inglês, derreto-me logo toda. Acho sexy. :P 
E vocês? Gostam de British Boys?










Desafio dos 30 dias - 5º Dia

5ºDia: O teu talento

Eu acho que o meu talento é escrever, porque é uma coisa que eu adoro fazer e que faço bem (acho :/ ). Também acho que canto bem, mas penso que isso não é o meu talento... 








Olá!! Prontos para a estreia da rubrica Frases?? Eu estou ansiosa :D Não se esqueçam, ás 19H, mais coisa menos coisa ^^








quarta-feira, 9 de outubro de 2013

News!

Tenho novidades :D Tive umas ideias para o blog, para torná-lo mais activo. Então, é o seguinte: Vão haver duas rubricas, que vão começar esta semana. A 1º chama-se Frases, todos os dias, ás 19H, publico uma imagem com uma frase e falo um pouco sobre ela. E a 2º chama-se Poemas, vai ser semanal, ás sextas feiras, ás 18H, aqui vou publicar um poema da minha autoria ou então de outros autores. E, o desafio dos 30 dias, vou começar a publicar todos os dias (ou não :P ), ás 17H30.
Espero que esta nova "programação" seja do vosso agrado ^^
Não se esqueçam, amanhã, ás 19H, Frases ;)

Desafio dos 30 dias: 4º Dia

4º Dia: Os teus vicios/hábitos.

Sou viciada em comida (daí a imagem :P ), em musica, em livros, em roer as unhas ( :P é um mau habito, eu sei...), em rir, em chorar, em beijos e abraços, na minha mãe ( *.* ), etc. ( já não me lembro de mais nada :P )





Desculpem o desaparecimento...! :/




quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 3º Dia (Ontem)

3º Dia: Os teus gostos.

Hum...! Gosto de comer, de ler, de escrever, da minha família, dos meus amigos, dos meus animais de estimação, de ouvir musica, do mar, do sol, de ver TV, de estar no PC, de passear,  de beijos e abraços, de chocolate, de queijo, de bife com batatas fritas, de mousse, de bolo de chocolate, etc.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 2º Dia

2º Dia: Fotos do que eu iria encontrar na tua mala/mochila.
Então, a minha mala/mochila (sim, porque eu agora uso mais mala, mas deves em quando uso a mochila) costuma albergar o seguinte:

Uma carteira (nada a ver com a imagem).

Um pacote de lenços.

Chaves.

O telemóvel (é igual ao meu ^^)

Uma garrafinha de água.

e, pelo menos quando tenho aulas,

um estojo.


E vocês?? O que trazem as vossas malas/mochilas??






segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Desafio dos 30 dias: 1º Dia



1ºDia: Quem és tu?
Bem, eu sou uma rapariga de 17 anos, de cabelos e olhos castanhos, gordinha (mas não muito), extremamente tímida com quem não conhece, que ás vezes gosta de ser o centro das atenções, bondosa (até de mais...), humilde, sincera, divertida, com sentido de humor... E já não sei mais.















Desafio dos 30 dias

1º Dia: Quem és tu?
2º Dia: Fotos do que eu iria encontrar na tua bolsa/mochila.
3º Dia: Os teus gostos.
4º Dia: Os teus vícios/hábitos.
5º Dia: O teu talento.
6º Dia: Algo que te irrita.
7º Dia: Algo que te orgulhes.
8º Dia: Algo que gostavas de saber/aprender.
9º Dia: Algo que te deixe sem palavras.
10º Dia: Algo sem o qual não consegues viver.
11º Dia: Um local que te transmita paz de espírito.
12º Dia: Uma descoberta cientifica ou histórica.
13º Dia: Um site que visites regularmente e outro que tenha perdido o interesse.
14º Dia: Uma paixão secreta (ou nem por isso).
15º Dia: Uma memória que te tenha marcado.
16º Dia: Um sonho ainda por concretizar.
17º Dia: Uma foto de algum lugar onde já estiveste
18º Dia: Um hábito que gostaria de não ter.
19º Dia: O significado atrás do nome do teu blog.
20º Dia: Filmes e séries favoritos.
21º Dia: Uma experiência que tenha mudado a tua vida.
22º Dia: A tua Whishlist.
23º Dia: Um texto que tenhas escrito à algum tempo.
24º Dia: O melhor dia da tua vida.
25º Dia: O pior dia da tua vida.
26º Dia: O que valorizas mais num blog e indicar um dos teu blogs favoritos.
27º Dia: Uma foto que retrate o que fazes nos teus tempos livres.
28º Dia: Uma foto de algo que anseias.
29º Dia: Uma foto que retrate como te sentes agora.
30º Dia: Uma foto com qualquer coisa que faça parte de ti.

Olá a todos! ^^ Aqui está a lista de perguntas que vou responder nos próximos 30 dias (a contar com o dia de hoje). Daqui a pouco publico o 1º Dia. Até já!



domingo, 22 de setembro de 2013

I'm Back!! :D

Olá! Desculpem este tempo todo que estive sem vir aqui... É que não tenho tido muito tempo, nem imaginação para escrever... Mas agora já tenho algumas ideias :D Vou começar a fazer o Desafio dos 30 dias, como tenho visto em muitos blogs que sigo, decidi fazer eu também ^^ A história, vão ter de continuar a esperar, pois, está um pouco complicado, não tenho muitas ideias e agora, com a escola, não vou ter muito tempo para escrever, nem para passar para o pc. Vou tentar ser mais ativa, aqui no blog, mas não prometo nada. Agora queria pedir-vos um favorzinho. Queria pedir-vos algumas ideias para escrever aqui no blog, sobre o que quiserem. Obrigada! :)



sexta-feira, 26 de julho de 2013

Changes...

Olá! :D
Muita coisa mudou, desde a ultima vez que aqui estive: no domingo vim para o Algarve, onde permaneço, até à próxima sexta-feira e, a maior mudança, desde quarta-feira que tenho 17 anos.
17 anos... Meu Deus! Como o tempo passa rápido... O dia foi passado na praia e à noite fomos todos jantar fora. Foi simples, mas foi um dia bem passado :) Enfim, para o ano há mais. ^^

sábado, 20 de julho de 2013



Olá! :D
Bem, infelizmente, não vou conseguir publicar o capitulo 8, pelo menos nas ultimas duas semanas, pois vou estar no Algarve, mais propriamente na Quarteira (se houver aqui alguém de Quarteira, que se acuse :P), e não vou ter muito tempo para passar o capitulo a computador. Mas prometo que dou novidades sempre que puder. ^^
 Beijinhos.

P.s.: Faltam quatro dias para eu fazer anos :D

terça-feira, 16 de julho de 2013

Capitulo 7

No dia seguinte, acordo com um leve beijo nos lábios.
- Hum! Bom dia! – Exclamei, pondo os meus braços à volta do seu pescoço e dando-lhe um beijo.
- Bom dia, princesa! Dormiste bem?
- Maravilhosamente bem.
Ele sorri.
- Já mandei fazer um pequeno-almoço redobrado para nós.
- Ainda bem, estou cheia de fome.
- E se fossemos tomar um banho, enquanto esperamos.
- Hum… Excelente ideia.
E lá fomos. Tomámos um banho e vestimo-nos de seguida, para irmos tomar o pequeno-almoço.
Fomos ter a um terraço, onde estava instalada uma mesma, com torradas, ovos mexidos, sumo de laranja e café.
Sentámo-nos a comer, enquanto conversávamos alegremente.
- O que vais fazer hoje? – Perguntei-lhe, a certa altura.
- Tenho de ir à faculdade… Mas à tarde estou livre, podíamos combinar qualquer coisa, que achas?
- Sim, podias fazer-me uma visita guiada por Londres.
- Oh! Claro. E, se eu estiver despachado à hora de almoço, podíamos almoçar juntos.
- Sim.
- Então, eu depois digo-te alguma coisa. Mas, de qualquer maneira, eu depois vou buscar-te à 2 da tarde, para a visita guiada.
- Combinado. – Concordei, sorrindo.

Depois do pequeno-almoço ele foi levar-me a casa.
Como as janelas ainda estavam todas fechadas, supus que a Emma ainda estivesse a dormir. Abri a porta, com cuidado, descalcei os sapatos e comecei a subir as escadas.
- Cat! És tu? – Ouvi alguém chamar, da sala.
Fui até lá, a Emma estava sentada no sofá, com uma manta por cima das pernas e com um ar ensonado.
- Então? Dormiste aqui? – Perguntei-lhe.
- Sim. Estava à tua espera, mas acabei por adormecer. Mas estou a ver que não valia a pena ter esperado. – Disse ela, endireitando-se no sofá.
Corei imediatamente.
Fui abrir as janelas e depois caminhei dali para fora.
- Ei! Onde vais?
- Vou lá a cima mudar de roupa. – Respondi, parando de andar.
- Tens muito tempo para isso. Vá, senta-te aqui e conta-me tudo – disse ela, fazendo um gesto com a mão, para eu me sentar ao seu lado.
Tive de lhe fazer a vontade. Sentei-me e comecei a falar. Ela só dava gritinhos de felicidade, mas, quando lhe contei que tínhamos dormido juntos, ela ainda ficou pior.
- Não acredito, tu e ele… My God! Foi a tua primeira vez, não foi? – Dizia ela.
Eu só me ria.
- Não…
- Não? – Perguntou-me, confusa.
- Não, a primeira vez foi com um rapaz que era vocalista daquela banda de garagem que foi tocar ao bar que costumávamos ir.
- Ah! Pois foi. Ainda namoraram uns meses, não foi?
- Sim. Mas o Tom não se compara a ele. O Tom é muito melhor.
- Ui! Foi assim tão bom?
- Foi para além do bom, Emma. Foi maravilhoso. Ele foi muito carinhoso comigo.
- Ainda bem, amiga. Estou muito feliz por ti. – Disse ela, sorrindo e pegando na minha mão.
Eu sorri também.
- Então e como é que foi a tua noite? – Perguntei, curiosa.
- Foi boa. Jantámos todos cá em casa. Depois fui dar um passeio com o Harry…
- Espera lá. – Interrompi-a. – O Harry convidou-te para sair?
- Ahm! Sim. Ele foi um querido, contou-me muitas coisas sobre ele, e eu sobre mim, claro, mostrou-me um pouco de Londres e fez questão de me vir trazer a casa. – Contou-me.
- Hum… Estou a ver um brilhozinho nesses olhos…
- Oh! Não é nada disso. Mal o conheço, Cat.
- Então, mas ontem ficaste a conhece-lo melhor, não foi?
- Bem, sim…
- Então…
- Ainda é muito cedo. Quando o conhecer melhor, depois logo se pensa nisso.
- Isso mesmo, dá tempo ao tempo. – Concordei. – Bem, vou tomar um duche, vestir outra roupa… - Informei, levantando-me.
- Eu vou tomar o pequeno-almoço, estou cheia de fome. – Disse ela, também se levantando. – Queres alguma coisa?
- Não, eu comi com o Tom. – Respondi, sorrindo.

Assim que entro no quarto soa o toque de mensagem. Tiro o telemóvel da mala. Uma mensagem do Tom:
“Já estou a morrer de saudades tuas +.+”
Assim que leio a mensagem, um sorriso forma-se na minha cara.
“E eu tuas, meu amor +.+”
Mandei a mensagem e atirei o telemóvel à cama.
Dirigi-me à varanda. Respirei fundo, sentindo o ar fresco a passar-me pelas narinas.
- Bom dia!
Olhei para o lado. O Zayn estava sentado numa espécie de poltrona, com uma caneca na mão.
- Bom dia, Zayn! – Cumprimentei-o, sorrindo.
Ele sorriu também.
- Então? Como foi a noite? – Perguntou-me.
- Foi espectacular. – Respondi.
- Fico contente por estares feliz.
Eu sorri.
O telemóvel dele toca.
- Oh! É o Liam! – Disse ele, atendendo o telemóvel. – Sim! Claro. Eu pergunto-lhes, não te preocupes. Ok. Ok. Até logo! – E desligou. – É para almoçarmos todos no Nando’s, para compensar-vos do almoço de ontem.
- Oh! Não era preciso, mas ok.
- Então, podes avisar o Tom? – Perguntou-me, sorrindo.
- Claro, vou já avisá-lo. É a que horas?
- À uma da tarde.
- Ok. Então até logo!
- Até logo, Cat!
Fui para dentro. Peguei no telemóvel, sentando-me na cama. Tinha outra mensagem do Tom:
“Amo-te <3”
Sorri de novo.
“Também te amo *.* Olha, queres almoçar com o pessoal, hoje, no Nando’s?”
Passados uns minutos ele responde:
“Claro. A que horas?”
“Uma da tarde.”
“Ok. Querem que vá aí buscar-vos?”
“Não, nós vamos com o Zayn, não te preocupes ^^”
“Ok. Então vemo-nos no Nando’s ^^”
“Sim ^^”
Pousei o telemóvel na banca de cabeceira e fui para a casa de banho. Passados uns minutos ouço a Emma a chamar-me:
- Cat! Onde estás?
- Aqui. – Respondi, saindo da casa de banho.
Ela estava sentada na minha cama, com o seu portátil nas pernas, e não estava com boa cara.
- O que se passa? Que cara é essa? – Perguntei, sentando-me também.
- Vê. – Disse ele, virando o computador para mim.
- Emma, o que é isto?
- Lê, por favor.
Olhei para ela e depois para o ecrã, começando a ler:
- “Harry Styles foi visto, esta noite, a entrar na casa de Caroline Flack. Será que estão juntos outra vez? – Fiquei completamente de boca aberta. – Emma…
- Não, não digas nada, eu… Bem, isto não me afeta, afinal, ainda é muito cedo para saber se estou apaixonada, não é? E ontem foi só uma saída de amigos, nada mais, por isso…
- Tens a certeza?
- Sim, ele é só um amigo e eu vou estar aqui para o que ele precisar.
- E se ele quiser explicar-se?
- Se ele quiser explicar-se, eu vou ouvi-lo e dizer-lhe que não tem mal nenhum em ele estar com outra pessoa, depois de sair comigo, como aconteceu esta noite.
Eu queria mesmo acreditar no que ela dizia, mas não conseguia. Ela estava sentida com aquilo tudo, estava magoada, pouco, mas estava, ela é que não queria admiti-lo.
Ainda fiquei uns segundos a olhar para ela, na esperança que ela me dissesse o que estava realmente a sentir, mas acabei por desistir.
- Vá, agora vai-te vestir. Os rapazes convidaram-nos para almoçar no Nando’s.
Ela sorriu, melancolicamente, e foi para o seu quarto.
Respirei fundo e fui para o closet, vestir-me.
O meu telemóvel toca.
- Harry! – Sussurrei.
- “Estou?” – Atendi.
- “ Ah! Catelyn! Bom dia!”
- “ Bom dia, Harry! O que se passa?” – Perguntei, fazendo-me de desentendida.
- “Bem, queria saber se já viste uma notícia e...”
- “Sim, já sei.”
- “E a Emma?” – Perguntou-me, algo ansioso.
- “Também… Na mesma noite que saíste com ela, Harry. O que é que fizeste?”
- “ Eu…eu não fiz nada, juro. Eu só fui lá porque ela me mandou uma mensagem a dizer que queria falar comigo. Eu já nem estou com ela, Cat.”
- “Tu gostas da Emma, Harry?”
- “Eu sei que nos conhecemos à pouco tempo, mas sim, eu gosto muito dela.”
- “Ao almoço vais ter de lhe dizer isso, cara a cara.”
- “Sim, eu sei… Obrigada, Cat.”
- “De nada, Harry. Vá, até logo!”
- “Até logo!”
E desliguei.
Respirei fundo. “Ele também gosta dela…”, pensei.
- Cat! – Alguém me apelava, lá de fora.
Dirigi-me até à varanda, era o Zayn quem me chamava.
- Já sabes? – Perguntou-me.
- Se estás a falar do Harry, então é sim.
- Pois, eu também… Ele contou-te alguma coisa?
- Sim, não fez nada, foi só uma conversa.
- E tu acreditas nisso?
- Sim. Eu sei que não o conheço muito bem, ainda, mas acho que ele era incapaz de magoar a Emma.
- Ele sempre foi muito mulherengo…
- Eu sei, mas ele vai mudar, acredita em mim.
- Porque é que dizes isso?
- Porque ele está a apaixonar-se pela Emma, a sério.
Ele olhou para mim, espantado.
- E como é que sabes isso?
- Apenas sei, Zayn. Agora vai vestir-te, já é quase uma da tarde. – E ele lá foi. Deu para ver que ele estava surpreendido com a certeza com que eu falara.
Não sei porquê, mas acredito que o Harry é capaz de mudar pela Emma, só para conseguir o seu coração.

O Tom, o Nial e o Harry já lá estavam.
Assim que saio do carro, vejo o Harry, em pânico, a olhar para mim. Eu sorri, discretamente, na tentativa de acalmá-lo. Olho para a Emma, que olhava para o Harry, também parecia estar em pânico, com um pouco de tristeza à mistura.
Dirijo-me ao Nial, dando-lhe um beijo na face, depois, ao Harry, dei-lhe um abraço, sussurrando:
- Força, vai falar com ela.
- E digo o quê? – Disse-me, baixinho.
- O que me disseste, claro. Vai, sem medos.
Afasto-me dele, sorrindo, e dirijo-me ao Tom, pendurando-me no seu pescoço e depositando um beijo nos seus lábios.
- Olá, princesa. – Disse ele, sorrindo.
- Olá, príncipe. – Disse eu, sorrindo também.
Olho para o lado e vejo o Harry e a Emma a afastarem-se um pouco de nós. “Espero que aquela conversa corra bem”, pensei, suspirando.
- Passa-se alguma coisa, princesa?
- Eu depois conto-te, não te preocupes. – Respondi, dando-lhe um beijo.
- Olá a todos!
- Desculpem o atraso.
Olho para trás e vejo o Liam e o Louis, e vinham muito bem acompanhados. O Liam trazia uma rapariga morena, com cabelo encaracolado, muito bonita e o Louis uma rapariga, igualmente morena, com o cabelo ondulado, também muito bonita.
- Catelyn, esta é a Danielle, a minha namorada. – Apresentou-nos o Liam.
- Sou a Catelyn, mas podes tratar-me por Cat. – Apresentei-me, sorrindo.
- Prazer em conhecer-te, Cat. – Murmurou a Danielle, dando-me dois beijinhos.
- E esta é a Eleanor, a namorada do Louis.
- Muito prazer. – Disse ela, dando-me também dois beijinhos. – Já sei que namoras aqui com o nosso Tom.
- Sim, ainda é muito recente, mas estamos muito felizes. – Murmurei, olhando para ele.
- Vocês fazem um casal muito bonito. Espero que sejam muito felizes. – Disse a Danielle.
- Obrigada. – Agradeci, sorrindo.
- Bem, já estamos todos. Vamos almoçar? – Disse o Harry, que trazia a Emma pela mão.
Sorri ao ver aquela imagem. A Emma estava um pouco corada, mas parecia estar feliz, tal com o Harry, que parecia estar mais leve e mais calmo.
Entramos no restaurante e um empregado encaminhou-nos para uma mesa.
- Cat, vens comigo à casa de banho? – Perguntou-me a Emma.
- Claro. Rapazes, vão escolhendo, nós já voltamos. – Informei, caminhando com a Emma em direção à casa de banho.
- Então? O que aconteceu? – Perguntei, fechando a porta atrás de mim.
- Bem, ele quis explicar-se…
- Sim… E…
- E… Ele disse que gostava de mim e…eu paralisei e ele beijou-me…
- O quê? – Perguntei, um pouco confusa. – Tu paralisaste como?
- Fiquei sem palavras, pronto. Ele apanhou-me de surpresa…
- E, como tu não dizias nada, ele beijou-te. – Constatei.
- Exatamente. – Confirmou, corando.
- E depois?
- Depois eu disse-lhe que também gostava dele. – “Eu sabia”, pensei, sorrindo. – Só que não queria nada sério, por enquanto, e que queria conhecê-lo melhor.
- Então e agora, como é que estão?
- Bem, acho que se pode dizer que somos tipo amigos coloridos, vamo-nos conhecendo melhor e vamos dando uns beijinhos.
- Acho que isso é bom, para começar. – Disse eu, sorrindo.
- Sim, também acho.
- Bem, vamos? O pessoal já deve estar impaciente.
- Sim, vamos lá.

Durante o almoço, eu, a Emma, o Zayn e o Tom contámos algumas das nossas peripécias de infância. Uma das histórias que contámos foi a luta de lama que fizemos uma vez, no pátio da escola, com quase a turma toda e a luta de comida, no refeitório, que começou com o Zayn a mandar um tabuleiro com comida à cara do Tom, que lhe retribuiu, claro.
Foi um almoço bastante divertido.

No final do almoço:
- Não querem fazer qualquer coisa, todos juntos? – Propôs o Niall.
- Sim, não era má ideia. – Concordou o Harry.
- E querem fazer o quê? – Perguntou o Liam.
- Podíamos ir mostrar a cidade à Cat e à Emma. – Propôs o Zayn. – Que dizem? – Perguntou, dirigindo-se agora a nós.
- Sim, é uma boa ideia. – Concordou a Emma. – Vai ser bom ter uma visita guiada. Não achas, Cat?
Olho para o Tom, sem dizer nada.
- Eu acho uma excelente ideia. – Disse ele, sorrindo.
Eu sorri de volta.
- Sim, eu também. – Disse eu, olhando ainda para ele e depois para os outros.
- Então pronto. Começamos por onde? – Quis saber o Harry.
- Bem, eu sempre quis andar na London Eye. – Confessou a Emma.
- E eu sempre quis ver a Tower Bridge, dizem que se pode pedir um desejo quando a ponte baixa. – Disse eu.
- Ok. E querem ver só isso? – Perguntou o Zayn.
- Não, o resto deixamos ao vosso critério. – Atalhei.
- Pois. – Concordou a Emma.
- Muito bem, então, 1º vamos ao Palácio de Backingam, depois à Abadia de Westminter e ao Big Bem, e, lá para a tardinha vemos a Tower Bridge e a London Eye. – Propôs o Liam.
- Todos concordam? – Quis saber o Louis.
Todos concordamos.
De repente, aparece um autocarro grande e vermelho. Acho que era destinado a turistas.
- Olhem, e se fossemos todos naquele autocarro? – Propôs a Eleanor, apontando.
Olhámos todos para lá.
- Olha, boa ideia, assim escusamos de andar a pé e é muito mais interessante. – Concordou o Zayn.
- A minha carrot só tem boas ideias. – Disse o Louis, dando o beijo na bochecha da Eleanor, pelo que ela sorriu.
- Ok, deixem-se de lamechices e venham, senão perdemos o autocarro. – Avisou o Niall, começando a andar.
Fomos atrás dele. Compramos os bilhetes e entrámos para o autocarro, indo para a parte de cima. Ficámos todos com os nossos pares, menos o Nial e o Zayn, que iam um com o outro. O Zayn, pelo que sei, costuma sair com algumas raparigas, mas o Niall, acho que nunca o vi com nenhuma rapariga. “Acho que a Summer e ele iam ficam perfeitos, juntos”, pensei. “É isso! É só apresentá-los e já está. Eu sou um génio”, pensei, sorrindo.
- Em que estás a pensar, princesa? – Perguntou-me o Tom, afastando-me dos meus pensamentos.
- Estava a pensar em apresentar o Niall à Summer. O que achas? – Falei, olhando para ele. – Não achas que eles ficariam perfeitos, juntos?
- Assim como nós ficamos? – Perguntou-me, sorrindo.
- Sim. – Respondi, também sorrindo.
- Sim, acho que sim, tendo em conta o apetite voraz que eles partilham e o feitio parecido… Mas tens de admitir que não ficariam tão bem como nós ficamos.
- Pára de ser convencido. – Gracejei, soltando uma gargalhada.
- Eu não sou convencido, só estou a dizer a verdade.
Eu continuei a rir-me.
- Ainda não percebi porque é que te estás a rir. – Disse ele, com cara de quem não está mesmo a perceber nada.
- Também não é para perceberes. – Atalhei, dando-lhe um beijo no canto da boca.
Ele sorriu. Eu encosto a cabeça ao seu ombro, entrelaçando a minha mão à sua. Ele deposita um beijo nos meus cabelos.
Ainda tivemos de esperar um pouco, mas, poucos minutos depois, já estávamos na estrada.
Tínhamos uma mulher a explicar-nos tudo por cada sítio que passávamos, e passámos por todos os sítios que tínhamos combinado.
A visita terminou ao final da tarde, ao pé da Tower Bridge, para minha felicidade.
Saímos do autocarro e eu corri para um corrimão, que dava para o rio.
- Pede um desejo. – Alguém sussurra no meu ouvido. A voz do Tom.
Olho para lá. A ponte estava a baixar. Sorri, fechando os olhos. Sinto uns braços à volta da minha cintura e um beijo no pescoço. Pedi o desejo: “Que estes momentos nunca acabem” Abri os olhos, virando-me para o Tom, que sorria. Depositou um beijo nos meus lábios e olhou-me profundamente nos olhos. Pendurei-me no seu pescoço e beijei-o apaixonadamente.
- Amo-te! – Disse eu, depois.
- Também te amo, princesa! – Disse ele, sorrindo. – Anda, vamos ter com os outros. – Deu-me a mão e lá fomos.
A seguir, encaminhámo-nos para a London Eye. A Emma estava radiante. O Harry foi andar com ela, enquanto nós fomos sentar-nos nuns bancos que havia ali perto. Eu fiquei sentada ao colo do Tom, porque senão não havia espaço para todos.
Estávamos todos na conversa, quando o Tom me sussurra algo ao ouvido:
- O que vais fazer a seguir?
- Não sei, porque? – Respondi.
- Hum… Por nada. Podíamos fazer qualquer coisa juntos.
- Hum… E íamos fazer o quê?
- Não sei, talvez ver um filme, enroscados um no outro. Que dizes?
- Parece-me bem. Também podíamos encomendar uma pizza. – Propus.
- Sim, boa ideia. – Concorda ele. – E fazemos onde? Na tua casa?
- Sim, pode ser.
- Então, queres ir já? – Perguntou-me, depois de olhar para o relógio.
- Hum… Sim. Deixa-me só mandar uma mensagem á Emma.
Peguei no telemóvel, começando a escrever a mensagem:
“Emma, eu e o Tom vamos lá para casa. Ficas bem?”
Passados uns segundos, ela responde:
“Ok. Não te preocupes comigo, eu fico bem. A seguir vou jantar com o Harry e depois vamos dar uma volta, por isso vocês podem ficar à vontade ^^”
“Uh! Amanhã quero saber tudo! :D”
“Fica descansada :D Vá, até amanhã! Diverte-te.”
“Até amanhã, Em! Tu também ^^”
- Pronto, temos a casa por nossa conta. – Contei, sorrindo.
- Então porquê?
- A Emma vai sair com o Harry e não sabe a que horas chega.
- Ainda tens de me contar o que se passa entre esses dois.
- Sim, eu conto-te pelo caminho.
- Combinado. – Concordou, sorrindo. – Vamos embora?
- Vamos. – Levantei-me do colo dele, puxando-o, para que ele se levantasse, de seguida.
Assim que se levanta, dá-me um leve beijo nos lábios, fazendo-me sorrir.
Despedimo-nos dos outros e começámos a andar até ao Nando’s, pois o Tom tinha deixado o carro aí perto. Ainda andámos um bocado, mas valeu a pena. Íamos sempre a falar e a rir, a fazer parvoíces, enfim, foi como nos velhos tempos. Apesar de ele agora ser meu namorado, sinto que tenho o meu melhor amigo de volta, embora seja muito mais intimo que antes.
Já dentro do carro contei-lhe tudo sobre a Emma e o Harry.
- Uau! Será que é desta que o Harry muda? Bem, pelo que tu contaste, ele deve gostar mesmo dela, e ele ficou mesmo aflito com aquela notícia, não é?
- Sim, mas porque é que ficaste tão surpreendido?
- Porque ele sempre foi muito mulherengo, e costuma levá-la para a cama logo no primeiro encontro e não se preocupa em explicar-se a uma rapariga porque saiu com outra, e isso não aconteceu com a Emma, pois não? – Justificou-se o Tom.
- Pois, tem lógica. – Observei, pensativa.
- E o Harry sempre disse que, quando se apaixonasse, seria para sempre.
- E achas que ele se está a apaixonar pela Emma?
- Sim, penso que sim.
- Pois, quando falei com ele pelo telemóvel, ele pareceu-me sincero, mas, ao mesmo tempo, tenho medo que a Emma saia magoada disto tudo.
- Ele pode ser mulherengo, mas mentiroso não é. Acho que não há razão para nos preocuparmos.
- Sim… - Concordei, ainda um pouco reticente.
- Chegámos. – Informou ele.

Saímos do carro e entramos em casa. Primeiro fui mostrar-lhe a casa. A divisão final foi o meu quarto. Começamos aos beijos e pronto, uma coisa levou à outra. Acabamos por ficar lá o resto do dia.



Olá! :D
Aqui está o capitulo 7. Espero que gostem e não se esquecem de dar a vossa opinião.
Preparem-se, porque a história vai começar a aquecer, a partir do próximo capitulo. Vou tentar publicá-lo ainda esta semana, mas não prometo nada.
Beijinhos ^^